Espaço hacker sem fins lucrativos na periferia de uma das maiores metrópoles do Brasil

Criada na periferia, espaço hacker ocupa um espaço público e comunitário e amplia a inclusão e educação digital nas regiões periféricas e para pessoas historicamente marginalizadas.

(Read this post in English)

Nascemos em 2018, no meio de um ambiente incerto, duvidoso e perigoso para nosso país. Naquele ano (2018), a desinformação tomou conta de todos os meios de comunicação digital, por meio de notícias falsas e bots, robôs que criaram e criam tuitaços até os dias de hoje, para alavancar posições antidemocráticas. Esse cenário fez com que a tecnologia se tornasse uma ferramenta desigual, insegura, antidemocrática e não inclusiva. Fundada por um coletivo de 3 pessoas, hoje a Casa Hacker tem um time de +70 colaboradores voluntários e pagos que trabalham diariamente dedicados a colocar as comunidades periféricas e as pessoas no controle de suas experiências digitais por meio de programas que:

  • Capacitam empreendedoras mulheres, periféricas e de baixa renda a tomar seu espaço on-line para fazer negócios, vender seus produtos economicamente criativos e compartilhar suas obras e trabalhos com um público maior, gerando renda e oportunidades de crescimento;
  • Capacitam cidadãos, jovens e educadores para usar a Internet e as tecnologias digitais com segurança, privacidade e bem-estar digital;
  • Debatem e pautam direitos digitais, tecnologia e sociedade para impactar políticas públicas e uma agenda progressista de desenvolvimento tecnológico que considera a experiência, diversidade e a cultura dos povos;
  • Criam espaços hackers em escolas fomentando formação técnica e infraestrutura tecnológica que incentiva a inovação, ciência, tecnologia e pesquisa;
  • Aceleram o desenvolvimento institucional de organizações da sociedade civil, negócios de impacto social e coletivos comunitários;
  • Ouvem as principais demandas da comunidade e criam respostas rápidas usando parcerias, tecnologias e metodologias ágeis.

Além do trabalho comunitário e de base, a Casa Hacker também faz parte de uma rede que assinou a declaração por direitos na rede que defende no Brasil uma agenda progressista de direitos digitais considerando os princípios: acesso, liberdade de expressão, proteção de dados pessoais e privacidade na Internet.

Atuamos diretamente ligados à agenda de desenvolvimento sustentável de acordo com a Agenda 2030, apoiando diretamente os objetivos:

  • Igualdade de gênero;
  • Indústria, inovação e infraestrutura;
  • Redução das desigualdades;
  • Paz, justiça e instituições eficazes.

2020 foi um ano sem precedentes. A pandemia do coronavírus deixou nítido o quão essencial a Internet se tornou em nossas vidas: trabalho, graduação, contatos, família, feriados, eleições, direitos humanos — tudo foi mediado pela Internet. E, aqueles que não possuem acesso, foram deixados para trás.

Essa dependência, cada vez maior do meio digital, reforça a visão da Casa Hacker de que precisamos de uma Internet melhor, além de comunidades e pessoas emancipadas tecnologicamente. Com isso, elas não serão apenas consumidoras de conteúdo, mas criadoras de conteúdo e de tecnologias que façam sentido para suas realidades, e que atendam às suas necessidades.

Estamos atentos também a uma crescente demanda de coletivos e comunidades de tecnologia independentes que também querem atuar no apoio à transformação digital de suas comunidades, estamos nos juntando hoje à Open Collective para criar um ambiente propício ao desenvolvimento das iniciativas coletivas considerando a sustentabilidade financeira. A Casa Hacker traduziu 100% da Open Collective para o Português do Brasil e estamos oferecendo à Open Collective sugestões de melhorias na plataforma para atender a conformidade legal no Brasil. E claro, a partir de agora estamos abertos para administrar fiscalmente novos coletivos que projetam crescer de forma sustentável e transparente no Brasil! 🎉

E você também pode conhecer mais da Casa Hacker no nosso site, estamos habilitando nossa página e recebendo doações a partir de hoje. Você pode ser nosso parceiro doando diretamente para a nossa causa por meio da Open Collective apoiando uma comunidade ampla que está levando as comunidades locais e periféricas à um salto de desenvolvimento com equidade.
Quer saber mais e conhecer nosso trabalho? Acesse nosso site: https://casahacker.org, escreva para nós no falae@casahacker.org e siga-nos no Facebook, Instagram, Twitter, Youtube e Linkedin.